Mudança no cenário internacional: possível deslocamento da ordem mundial ocidental para a oriental

Palabras clave: Ordem Mundial, Economia, Estados Unidos da América, China

Resumen

Este projeto busca abordar o crescimento e a evolução econômica chinesa, desde o governo de 1979, e analisar a sua ascensão e competitividade em relação à maior economia mundial, os Estados Unidos, abordando a guerra comercial iniciada pelo ex-presidente Donald Trump. Pode-se concluir que é possível uma mudança da ordem mundial nos próximos anos, porém não que ela será unipolar.

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Osvaldo Alencar Billig, Centro Universitário Dinâmica das Cataratas

Doutorando em Administração de Empresas na Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) Mestre em Administração pela Universidade de Caxias do Sul (UCS); Pós-Graduação - MBA em Logística Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV); Bacharel em Administração pela Universidade de Passo Fundo (UPF).  Professor do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas (UDC), Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil; Membro Efetivo e Coordenador do Comitê de Ética em Pesquisa Envolvendo Seres Humanos (CEP/UDC). Avaliador de cursos do MEC/INEP - BASIs (Banco de Avaliadores do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior).

Amanda Paiva da Silva, Centro Universitário Dinâmica das Cataratas

Acadêmica do curso de Relações Internacionais, do Centro Universitário Dinâmica das Cataratas, Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil.

Citas

Arrighi, G. (2008). Adam Smith em Pequim. São Paulo, Boitempo.
Bergsten, C.F. (2018). China and the United States: The Contest for Global Economic Leadership. China & World Economy, 26(5), 12-37. Disponível em: https://onlinelibrary- wileycom.translate.goog/doi/abs/10.1111/cwe.12254?_x_tr_sl=en&_x_tr_tl=pt&_x_tr_hl=pt- BR&_x_tr_pto=nui,sc
Chamorro, A.I. (2020). Salvador. El proceso de reforma económica de China y su adhesión a la OMC. Disponível em: http://pecvnia.unileon.es/pecvnia07/07_257_284.pdf
Dongsheng, D.; Luft, G.; D. Zhong, D. (2019). Why did Trump launch a trade war? A political economy explanation from the perspective of financial constraints. Economic and Political Studies, 7(2), 203-216. Dispo nível em: https://onlinelibrary-wiley-com.translate.goog/doi/abs/ 10.1111/cwe.12254?x_tr_sl=en&_x_tr_tl=pt&_x_tr_hl=ptBR&_x_tr_pto=nui,sc
Freitas, M.C.P. (2013). A transformação da China em economia orientada à inovação. Disponível em: http://retaguarda.iedi.org.br/midias/artigos/4e8dbbf760029e9a.pdf
Geiger, P. (2015). Será o século XXI um século chinês? Revista Geo URJ, Rio de Janeiro, n.27, p.362-377. Disponível em: https://publicacoes.uerj.br/index.php/geouerj/article/downloa d/19678/14674.
Guimarães, A.Q. (2012). A economia política do modelo econômico chinês: o Estado, o mercado e os principais desafios. Revista de Sociologia e Política. Vol.20. nº.44. Curitiba. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104 44782012000 400009
Ikenberry, J. (2008). The Rise of China and the Future of the West – Can the LiberalSystem Survive? Foreign Affairs.
Kapustina, L.; Lipková, L.; Silin, Y.; Drevalev, A. (2020). US-China Trade War: Causes and Outcomes. Ural State University of Economics e University of Economics in Bratislava, 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/338550900_USChina_Trade_War_ Causes_and_outcomes.
Knewitz, D.C.S. (2013). O ressurgimento da China à luz da hegemonia norte-americana. 174
f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Universidade Católica de Brasília, Brasília. Disponível em: https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/handle/123456789/323.
Kroeber, A. (2007). Inovação: todo o errado. Portal Fator Brasil. Disponível em: https://www.revistafatorbrasil.com.br/ver_noticia.php?not=8157.
List, F. (1983). Sistema nacional da economia política. São Paulo: Abril Cultural. (Os Economistas). Publicado originalmente em 1841. Marcelino, F. A. (2011). China diante dos desafios internacionais pós-hegemônicos no século XXI: alternativas de poder num período de caos sistêmico. In: 3º Encontro Nacional Abri 2011, São Paulo. Associação Brasileira de Relações Internacionais. Disponível em: http://www.proceedings.scielo.br/scielo.php?pid=MSC0000000122011000200012&script=sci_arttext&tlng=pt
Lyrio, M.C. A ascensão da China como potência: fundamentos políticos internos. Brasília: Fundação Alexandre de Gusmão, 2010. Disponível em: www.funag.gov.br/biblioteca/dmdocuments/China_potencia.pdf.
Medeiros, C. A. (2005) A economia política da internacionalização sob liderança dos EUA: Alemanha, Japão e China. In: FIORI, J. L. (org.). O poder americano. Petrópolis: Vozes.
Medeiros, C.A. (2012). Notas sobre o Desenvolvimento Econômico Recente na China. São Paulo: Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo. Disponível em: http://www.iea.usp.br/publicacoes/textos/medeiroschina.pdf/view.
Meltzer, J.; ShenaI, N. (2020). The US-China economic relationship: A comprehensive approach. Disponível em: https://www.brookings.edu/research/the-us-china-economic- relationship-a-comprehensive-approach/
Monteiro, C.M. H.; Obregon, M.F.Q. (2019). O novo muro de Trump: uma análise das implicações da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China. FDV. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/6967940.pdf.
Nonnenberg, M.J.B.; De Negri, F. (2008). O Crescimento Econômico e a Competitividade Chinesa. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. IPEA. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/5129385_O_Crescimento_Economico_e_a_Compet itividade_Chinesa
Ribeiro, L.S. (2020). A guerra comercial entre Estados Unidos e China: uma análise acerca da estratégia econômica do Governo Trump diante da ascensão chinesa. F 65. TCC Graduação em de Relações Internacionais da Universidade Federal de Sergipe. Disponível em: https://ri.ufs.br/handle/riufs/13697
Singh, A. (1993). The Plan, the Market and Evolutionary Economic Reform in China. Unctad Discussion Paper.
Zakaria, F.; Daokui, L. Kissinger, H.; Ferguson, N. (2012) O século XXI pertence à China? Um debate sobre a grande potência asiática. Rio de Janeiro: Elsevier.
Publicado
2021-12-30
Cómo citar
Alencar Billig, O., & Paiva da Silva, A. (2021). Mudança no cenário internacional: possível deslocamento da ordem mundial ocidental para a oriental. Latitud SUR (En Línea) ISSN 2683-9326, (16), 53-63. Recuperado a partir de http://ojs.econ.uba.ar/index.php/LATSUR/article/view/2226
Sección
ESTUDIOS LATINOAMÉRICANOS PARA EL DESARROLLO Y LA INTEGRACIÓN